Fetiches, Parafilias e Fantasias.

Fetiche.

Afinal, o que significa esta palavra?

E o que significa parafilia e fantasias sexuais? É tudo a mesma coisa?

Neste artigo, vamos explicar o que é cada uma destas coisas:

 

O que é Fetiche Sexual:

Fetiche é um objeto, pessoa ou animal que desperta uma emoção. Logo, um “ator fetiche” de um diretor de cinema seria um ator que tem que estar no filme para o diretor ter a inspiração. Um arquiteto com uma “lapiseira fetiche” só vai desenhar bem com aquela lapiseira, e assim por diante.

bettypage2

No caso do fetiche sexual, seria um objeto ou parte do corpo que causa excitação, além do que seria “normal” (afinal, todos possuem fetiches por bunda, peito, etc). Exemplos comuns: cordas, algemas, roupas de couro, pés, axilas, etc.

 

O que é Parafilia Sexual:

Enquanto o fetiche se resume a um objeto, a parafilia é um ato.

Por exemplo, a pessoa pode ter um fetiche por cordas, mas não necessariamente ele precisaria ser amarrado (ou amarrar). Se a pessoa gosta de apenas ver, sentir e tocar em uma corda, ele tem um fetiche por cordas. Agora, se gosta de amarrar ou de ser amarrado, aí seria uma parafilia (no caso, a popular Bondage).

bettypage1

 

O que é Fantasia Sexual:

A fantasia já envolve vivenciar a história em si. Se o fetiche é um objeto e a parafilia é um ato, a fantasia seria a história completa.

Por exemplo, ter uma fantasia de estar em um avião e transar com uma aeromoça.

Mas aeromoça não pode ser fetiche ou parafilia?

Também.

Bom, para explicar melhor, vamos exemplificar com algo comum: enfermeiras. Muitos homens tem taras por enfermeiras. Mas isto seria fetiche, parafilia ou fantasia? E a resposta é aquelas que os professores de física adoram dar: depende.

enfermeira1

Se a pessoa em questão tem tesão em ver uma bela moça com uniforme de enfermeira, mesmo que ela não seja uma enfermeira e nem esteja “brincando” (apenas está vestida e pronta para o sexo), então temos um fetiche. Ela não precisa interpretar, não haverá brincadeira nem nada. É apenas uma moça em um uniforme.

Agora, se a pessoa necessita além do uniforme um tipo de interpretação (uma moça fazendo de conta que está cuidando dele como paciente), aí temos uma parafilia. Seria o caso do cara fingir que está doente e a moça interpretar que está cuidando dele.

Por fim, a fantasia envolveria o cidadão de fato estar passando mal, estar internado em um hospital e ser de fato cuidado por uma enfermeira devassa. Seria a realização da fantasia. Não basta a moça estar de uniforme e ele fazendo de conta que está doente: a moça tem que ser mesmo uma enfermeira e ele tem mesmo que estar doente.

catsuit1

 

E aqui no Palácio do Fetiche?

Na prática todo mundo gosta um pouco de tudo. Se uma pessoa gosta de algemas, é porque ela tem tesão no objeto, em algemar ou ser algemado, de uma brincadeira em cima disso. Por isso, trataremos tudo aqui neste espaço como “fetiche”, para não estragarmos o clima dos nossos visitantes com questões gramaticais.

E aproveite! Aqui temos vídeos e contos de todos os fetiches!

powered by shantz-wp-prefix-suffix
Category: Artigos